Campanha Salarial: 30% para a cesta básica e 8,75% para os salários

Campanha Salarial: 30% para a cesta básica e 8,75% para os salários

Pelo segundo ano consecutivo, as negociações da Campanha Salarial de 2011 surpreenderam e acompanharam o recorde alcançado em 2010: após conseguir 38% para a cesta básica no ano passado, acaba de ser negociado 30% para a cesta.

Com os salários, tanto para o piso como para quem ganha acima, o reajuste ficou em 8,75% sobre os valores de 01 de outubro de 2010, com vigência a partir de 01 de outubro de 2011. Confira os números no quadro.

“Mais uma vez conseguimos um pouco além da reposição das perdas e, felizmente, estamos aos poucos atualizando o valor de nossa cesta, que ficou por tempos defasada”, afirma o presidente do Sindifícios, Paulo Ferrari, e completa: “Nossa expectativa é caminhar da mesma forma para melhorarmos as cláusulas sociais; contundo, conseguir anualmente a manutenção das mesmas já tem sido uma grande vitória”.

O Sindicato Patronal (Secovi) foi mais uma vez duro nas negociações, mas a diretoria do Sindifícios foi firme em não ceder aos números inferiores propostos por eles. Ao lado do Sindifícios, também participaram das negociações diversos sindicatos da categoria de outros municípios, tanto do litoral como do interior, fator que fortaleceu a Campanha.

CONFIRA OS PISOS:
Zeladores = de R$ 808,00 para R$ 878,70 – valor horário = R$ 3,99
Porteiros ou Vigias, Garagistas e Manobristas = de R$ 774,00 para R$ 841,73 – valor horário= R$ 3,83
Cabineiros ou Ascensoristas = de R$ 774,00 para R$ 841,73 – valor horário = R$ 4,68
Faxineiros e demais empregados = de R$ 740,00 para R$ 804,75 – valor horário = R$ 3,66
Cesta Básica = de R$ 100,00 para R$ 130,00