Edifícios definem reajuste

Edifícios definem reajuste

Após negociação com o Sindicato Patronal foi aprovada a nova Convenção Coletiva com reajuste salarial para os Trabalhadores em Edifícios e Condomínios de São Paulo.
O reajuste foi de 8,5% e vale para os pisos e para quem ganha acima destes.
Já para a cesta básica o reajuste foi 10%.
A maior correção ficou por conta do ticket refeição: 30% de aumento.

Confira os novos valores:

Pisos:

Zeladores: de R$ 1.043,90 para R$ 1.132,63
Porteiros ou Vigias: de R$ 999,97 para R$ 1.084,97
Garagistas, Manobristas e Folguistas: de R$ 999,97 para R$ 1.084,97
Cabineiros ou Ascensoristas: de R$ 999,97 para R$ 1.084,97
Faxineiros e demais: de R$ 956,05 para R$ 1.037,31

Cesta básica: de R$ 172,80 para R$ 190,08
Ticket refeição: de R$ 5,40 para R$ 7,00

Para Paulinho, os valores alcançados foram o reflexo da participação da categoria, que compareceu em peso nas assembleias realizadas: “E saímos com a proposta de retomar a negociação já em abril do próximo ano, evitando que as perdas sejam muito grandes”.

Com isso, a categoria já pode fazer suas contas e exigir o reajuste. Caso esse não seja respeitado, denuncie ao Sindicato para que este tome as medidas cabíveis.

Os valores acertados entraram em vigor dia 01 de outubro deste ano (data-base) com validade até 30 de setembro de 2015. Fazem parte da categoria todos os zeladores, porteiros, vigias, faxineiros, ascensoristas, garagistas, manobrista e folguistas da cidade de São Paulo.

No Comments

Leave a Comment

Your email address will not be published.