guias_online
convencao_coletiva
icone_home_saude
agendamento_homologacao
lazer
cursos

QUEM SOMOS

O Sindicato dos Trabalhadores em Edifícios e Condomínios de São Paulo – SINDIFÍCIOS – representa zeladores, porteiros, vigias, faxineiros, garagistas, folguistas, manobristas, ascensoristas e demais funcionários da categoria há quase 60 anos. Ao todo são 300 mil trabalhadores representados na cidade.

Sua sede, localizada na Rua Sete de Abril, 34 – Centro – São Paulo, concentra a maior parte dos serviços que oferece ao trabalhador: advogados, médicos, dentistas, laboratório, cursos e outros. Também possui uma subsede em Santo Amaro e uma Colônia de Férias em Caraguatatuba, litoral norte, local de lazer e descanso do trabalhador.

O presidente do SINDIFÍCIOS, Paulo Ferrari, ao lado de sua diretoria atuante, batalha diariamente por novas conquistas e pelas garantias dos direitos da categoria. Defender o grupo de males como a terceirização de mão de obra, cooperativas e maus patrões, faz parte dos princípios deste que é o maior Sindicato da categoria na América Latina.

PALAVRA DO PRESIDENTE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MÚSICA E TRABALHO

Chico Buarque canta: Pedro Pedreiro

Chico Buarque canta: Pedro Pedreiro

Pedro, pedreiro, penseiro, são metáforas da rusticidade, da monotonia, do tédio, da incapacidade de intervir e da dureza do trabalho do operário. Na música a situação um operário da construção civil (pedreiro) é descrita, sobretudo, pela repetição da palavra “esperando”. O pedreiro Pedro representa a condição de vida da classe trabalhadora do povo brasileiro, sobretudo […]

Zeca Baleiro canta: Eu Despedi O Meu Patrão

Zeca Baleiro canta: Eu Despedi O Meu Patrão

A música brinca com os conceitos marxistas de “mais valia” e “valor de troca”. Segundo Karl Marx o conceito de troca entre mercadorias, consiste em o trabalhador vender sua força de trabalho em troca de salário. A  “mais valia”, neste caso, define a diferença entre o valor da mercadoria produzida e a soma do valor […]

Cyro Monteiro canta: O Bonde São Januário

Cyro Monteiro canta: O Bonde São Januário

Em 1937 o presidente Getúlio Vargas Vargas baixou um decreto (que dura até hoje) obrigando os enredos de Escolas de Samba a só falar de temas “históricos e patrióticos”. As letras de música eram censuradas pelo DIP. O exemplo mais famoso é O Bonde de São Januário, de Ataulfo Alves e Wilson Batista. A letra […]

Nara Leão, Miucha, MPB-4 cantam: Todos Juntos

Nara Leão, Miucha, MPB-4 cantam: Todos Juntos

O musical Os Saltimbancos adaptado por Sergio Bardotti do conto Os Músicos de Bremen dos Irmãos Grimm e que teve uma montagem histórica no teatro Canecão, RJ, em 1977 com versão em português de Chico Buarque de Holanda, conta a história de um burro, um cão, um gato e um galo que, maltratados pelos seus […]